quarta-feira, 18 de julho de 2012

O que há em nosso planeta?

A terra é tão grande ,que podemos descobrir nela,muitos lugares diferentes. Há montanhas altíssimas, oceanos, cidades grandes e pequenas, regiões quentes e frias. 

Em cada um desses lugares as pessoas aprenderam a viver da maneira mais cômoda possível. Por isso, cada povo tem seus costumes, sua forma de vestir, de falar, de locomover-se. Tudo depende do ambiente em que vivemos.
Vamos conhecer o que acontece pelo mundo afora?

CHINA

A China não é o maior país do mundo mas é o mais populoso, ou seja, lá moram mais pessoas que em qualquer lugar do planeta.
A maioria das crianças chinesas não tem irmãos, pois o governo acredita que se continuarem nascendo mais crianças, no futuro não haverá comida suficiente para todos e nem lugar para morar. A quantidade de pessoas é tão grande que na maioria das cidades muitos preferem andar de bicicletas. As crianças chinesas tem de aprender a escrever com ideogramas ao invés de letras. Elas têm que estudar muito porque devem aprender mais de 8 mil idiogramas  até terminarem a escola. 

Há tantas pessoas lá que existem mais de 600 dialetos diferentes, mas existe um idioma oficial que é o chinês mandarim, para que todos possam se comunicar. As crianças chinesas comem com pauzinhos e só usam colheres para comer sopa.
(texto extraído da revista “Professoras de Educação Infantil", Outubro/2003)

Na China os cristãos sofrem grande perseguição. Muitos pastores e lideres vão presos por falarem de Jesus para as pessoas. Os cristãos não se reúnem em templos como nós fazemos. Isso não é permitido por lá, então eles se reúnem nas casas e nas florestas para louvarem a Deus e aprenderem sua Palavra. Mas com muito cuidado, pois se forem pegos serão presos imediatamente. Precisamos sempre orar por esses irmãos que pagam um alto preço por seguirem a Jesus. Mas, apesar de tudo isso, a igreja na China tem crescido muito.


ISRAEL

Este país é habitado basicamente por 4 povos divididos por crenças religiosas: judeus, muçulmanos, armênios e cristãos. A maioria é formada por judeus e muçulmanos. Eles vivem em áreas divididas, geralmente cedidas pelo governo através de acordos políticos. A capital de Israel se chama Jerusalem e sua moeda é o shekel. 

Os judeus devotos frequentam a sinagoga e seguem uma série de regras religiosas, que inclui comidas especiais chamadas de comida kosher e muitas festas. Em quase todas as casas existe um candelabro de sete braços chamado menorah. As crianças judias aprendem na escola o idioma hebraico e também o inglês. As aulas vão de domingo a sexta-feira. O sábado é um dia sagrado onde todos devem apenas descansar. Os adultos deste país vivem em guerra constante para conseguirem território maiores para o seu povo, porem, as crianças não gostam da guerra e sonham em viver em união com todos os povos.
(texto extraído da revista “Professoras de Educação Infantil", Outubro/2003)

Apesar de Jesus ter nascido nesse país, eles não o aceitam até hoje e ainda estão esperando o Messias prometido por Deus. Quase não encontramos cristãos por lá. 

Existem missionários trabalhando nesse país mas o trabalho é bem lento e difícil. Precisamos lembrar de orar por eles, para que não desanimem.


PAÍSES ÁRABES

Muitos países são formados por povos árabes. Eles estão localizados desde o norte da Africa e vão até o Oriente Médio. Em alguns países árabes as crianças aprendem a falar francês além do árabe. Esse idioma tem um alfabeto diferente do nosso e possui letras muito bonitas. Como ele é escrito da direita para a esquerda (ao contrario da nossa língua), as capas dos cadernos e livros estão na parte de trás, para nós. 

Muitos povos árabes são de religião muçulmana e rezam 5 vezes por dia, inclusive crianças. Somente os homens devem entrar nas mesquitas, que são os templos religiosos dos muçulmanos. As mulheres devem fazer suas rezas em casa. Em alguns desses países, as mulheres têm de andar pelas ruas com uma roupa que cobre o corpo todo, inclusive a cabeça, porém as meninas não necessitam cobrir-se. Alguns países árabes estão enfrentando guerras neste momento, porém o sonho das crianças é que, no futuro, as guerras não existam mais.
(texto extraído da revista “Professoras de Educação Infantil", Outubro/2003)

Nesses países há muita perseguição religiosa. Se um muçulmano se converter ao cristianismo, ele é expulso de casa pela família ,os filhos são separados do pai e ele pode até ser morto pela própria família que não admite sua conversão. Quem evangelizar um muçulmano é preso por muitos anos. 

É uma realidade totalmente diferente da nossa que temos toda liberdade religiosa. Para que eles tenham uma Biíblia para ler, cristãos de outros países tem que ir lá levando bíblias escondidas para serem distribuídas. Existe uma Missão que se preocupa muito com esses cristãos perseguidos e sempre está ajudando de alguma forma. Para saber mais sobre essa missão e como podemos ajudar esses nossos irmãos dê uma olhada no site da Missão Portas Abertas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário! Que Deus te abençoe :)

Postar um comentário